ASSOCIAO

Artigos recentes

Apr 24

A ENTIDADE TURISMO DO CENTRO APOIA A PROMOO DO ARTESANATO E DOS PRODUTOS LOCAIS DA REGIO CENTRO DE PORTUGAL, NA FIA FEIRA INTERNACIONAL DO ARTESANATO DE 24 JUNHO A 02 JULHO DE 2017.

PAVILHO 1 ARTESANATO E PRODUTOS LOCAIS NO ALIMENTARES

PAVILHO 3 - ARTESANATO E PRODUTOS LOCAIS ALIMENTARES

EM PARCERIA COM O TURISMO DO CENTRO, A ASSOCIAO DE ARTESOS SERRA DA ESTRELA, PROMOVE A PRESENA DE EXPOSITORES DOS TERRITRIOS DA REGIO CENTRO.

CONTATOS:

ASSOCIAO DE ARTESOS SERRA DA ESTRELA

RUA DR. GARPAR REBELO, LOTE 4, APART 2063

6270-436 SEIA

TELF:238084100 / 935148205

EMAIL: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

PAG WEB: www.aasestrela.com

https://www.facebook.com/Associacao-Serra-Estrela

Enviar por E-mail Versão para impressão
Apr 07

SI2E - SI Empreendedorismo e Emprego


SI2E - SI Empreendedorismo e Emprego

A Associao de Artesos Serra da Estrela Regio Centro de Portugal, presta apoio aos seus associados, que pretendam candidatar-se ao programa Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e Emprego (SI2E).

Envie-nos a sua ideia de negcio e na AASE encontrar o acolhimento necessrio realizao do seu projeto.

O Governo vai lanar um novo Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e Emprego (SI2E), que vai apoiar o investimento nas economias locais, permitindo s micro e pequenas empresas do interior ter acesso a Fundos da Unio Europeia.

Este sistema de incentivos vem complementar os atuais incentivos s empresas no domnio da competitividade dando voz s entidades locais para a dinamizao de iniciativas empresariais de base regional.  

O SI2E visa apoiar de forma simplificada projetos de cariz local promovidos por micro e pequenas empresas, discriminando positivamente as iniciativas empresariais dos territrios de baixa densidade.

Beneficirios: micro ou pequenas empresas legalmente constitudas

Limites de investimento elegvel:

- Est prevista uma dotao total de 320 milhes de euros, a repartir regionalmente.

- O SI2E prev apoios ao investimento at 235 m (100 m nos DLBC) que se materializem na criao lquida de postos de trabalho ou em investimentos em mquinas e equipamentos, informtica, marcas, planos de marketing e pequenas obras de remodelao.

Sero apoiados projetos com subsdios entre 30% e 50% do investimento elegvel, podendo chegar aos 60% em territrios baixa densidade.

Os incentivos a conceder no mbito do SI2E sero no reembolsveis e sero atribudos com os seguintes limites:

  •  Taxa Base: 40% para projetos realizados em territrios de baixa densidade e 30% para os restantes territrios;
  • Majoraes: At 20% a ser definidos em sede de aviso de abertura e aplicveis consoante:
    • O grau de prioridade do projeto para os territrios onde sero concretizados os mesmos.
    • O nvel de concretizao de objetivos ao nvel da criao, expanso ou modernizao de empresas.

mbito territorial: A gesto do SI2E (anlise e acompanhamento) ser efetuada a nvel local pelo GAL (Grupo de Aco Local) ou pela CIM (Comunidade Intermunicipal), em articulao com os respetivos programas regionais. Os termos especficos dos concursos sero definidos por estas entidades, sendo ajustados s especificidades de cada territrio.

A leitura deste resumo no deve substituir uma leitura integral da Portaria, do Regulamento Especfico do Domnio da Incluso Social e Emprego, aprovado em anexo Portaria n. 97 -A/2015, de 30 de maro, alterado pela Portaria n. 181-C/2015, de 19 de junho, e pela Portaria n. 265/2016, de 13 de outubro, nem o contacto direto connosco.

Concursos a partir de 14 de Abril

Enviar por E-mail Versão para impressão
Apr 06

Nos dias 01 e 02 de Julho ir decorrer a O Melhor de Portugal em Bruxelas. semelhana dos anteriores, ser no Parque Cinquentenrio, local emblemtico, na Cidade de Bruxelas.

Consiste numa feira ao ar livre com venda direta ao pblico de produtos portugueses, com programa de animao musical e gastronomia.

Para mais informaes dever entrar em contato connosco.

Alertamos que s se aceitam inscries at ao prximo dia 11 de Abril de 2017.


Enviar por E-mail Versão para impressão
Apr 06

Artesos e produtores de produtos locais reunidos em Nelas para se elucidarem dos servios e projetos da AASE.

Ana Vieira da Unidade Empreende do Municpio de Nelas, Jos Manuel Borges da Silva Presidente da C.M. Nelas e Joo Mrio Amaral da Associao Artesos Serra da Estrela.

Joo Mrio Amaral, Presidente da AASE / Jos Manuel Borges da Silva, Presidente da C.M. Nelas

Uma Boa Recordao de Nelas e das Suas Gentes

O presidente da AASE Joo Mrio Amaral apresentou as formalidades necessrias para se adquirir a Carta de Arteso (C.A.) e a Unidade Produtiva Artesanal (U.P.A.).

Foram apresentados os projetos de Empreendedorismo/ Inovao e Internacionalizao j aprovados e em franco progresso na Associao de Artesos da Serra da Estrela.

Regio Centro de Portugal

Enviar por E-mail Versão para impressão
Apr 04

Filho da terra, nasceu em Santiago, frequentou  o colgio Simes Pereira em Seia, fez o pr universitrio no D. Joo III,  Coimbra 68/69. Em seguida cumpriu o servio militar que o levou a Angola do qual regressou em 74, ingressando no ISEL, onde se licenciou, iniciando uma vida profissional que o levou aos CTT, onde terminou a carreira,  como Administrador!

J reformado, dedicou-se escrita, do que resultou esta enorme obra de fico que reflecte de grosso modo, as suas vivncias enquanto estudante e a guerra colonial. Certamente, no daro por mal empregue o tempo, para assistir na Casa Municipal da Cultura em Seia , prximo dia 24 de Abril, pelas 21.30H a apresentao do livro Amor e Guerra de Coimbra a Nambuangongo pelo autor Jos Ferreira Abrantes.


Enviar por E-mail Versão para impressão
Apr 04

Joo Mrio Amaral (Presidente da AASE), esteve presente na Rdio Jornal do Centro no programa "Dar Que Falar".  No decorrer deste encontro foram abordados vrios temas tais como os artesos e o artesanato, tambm a fora econmica desta atividade e o percurso que tm trilhado no esforo de fixao de pessoas aos territrios. Juntando Histrias de conquistas e "amargos de boca", olha de frente e com entusiasmo para um futuro prximo do artesanato que, como gosta de definir, "o entusiasmo das mos a revelar um segredo".

Enviar por E-mail Versão para impressão
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >> Pág. 5 de 24

A Associao - abrir caminhos para o futuro

A Associao de Artesos est  disposio dos seus associados no apoio s dvidas e necessidades.

Mas vai mais alm, segue um caminho paralelo de interveno na construo do futuro, fazendo ouvir a sua voz junto das autoridades e instituios governamentais e tornando-se num poder que faz a diferena na rea do artesano.

Toda a actividade baseia-se na filosofia de que pode-se criar riqueza com o trabalho, tirando partido dos recursos locais, rentabilizando esse trabalho com a venda dos produtos no s em mercados locais mas tambm em mercados mais distantes.

Video em destaque

Associao de Artesos da Serra da Estrela e Regio Centro (c) 2010 Ideias Soberbas