ASSOCIAÇÃO

Associação - Notícias
Jul 18

Forum Artesanato FIA 2011

Para visualizar todo o conteudo do Forum Artesanato 'FIA 2011' basta clicar aqui.

Enviar por E-mail Versão para impressão
Jul 15

"Certificação do artesanato e da marca é o unico caminho que protege produtores e consumidores"

Para uma melhor leitura, clique aqui.

Enviar por E-mail Versão para impressão
Jul 06

José Lages dá entrevista ao Correio da Manhã

José Lages, artesão apicultor, sócio e Presente da Assembleia Geral da Associação de Artesãos da Serra da Estrela dá entrevista ao Correio da Manhã.

 

Produção de mel rende 100 milhões


O mel é o produto alimentício mais natural – é produzido pelas abelhas melíferas a partir do néctar das flores e plantas. Para os consumidores, é o néctar dos deuses e a cura para algumas maleitas do foro respiratório. Para os mais de 17 mil apicultores portugueses, é o seu sustento e uma forma de vida.

As características nutritivas e adoçantes do nosso mel e a forma tradicional como é extraído dão-lhe um selo de excelência e adoçam a economia com 100 milhões de euros: em 2010, o sector da apicultura – mel, pólen, cera e propólis – rendeu mais de 93 milhões de euros, e para este ano prevê-se um aumento de cinco por cento... se os incêndios não afectarem negativamente a actividade.

Para José Lages, de 62 anos, residente em Lapa dos Dinheiros, em Seia (serra da Estrela) – gosta que o tratem como "o artesão das colmeias e abelhas" – os incêndios "são o principal inimigo das abelhas e, por arrasto, dos apicultores".

Segundo dados recolhidos pelo CM junto da Federação Nacional dos Apicultores de Portugal (FNAP), no ano passado as abelhas melíferas, que buscam os néctares na flora e o depositam nas 562 mil colónias de colmeias, produziram mais de 11 mil toneladas de mel, que não foram suficientes para o consumo interno.

Isto porque apesar de ser uma actividade em expansão no País, continua a haver um défice negativo na balança comercial do mel: em 2009 exportámos 2,5 milhões de euros e importámos 3,1 milhões de euros.

Manuel Gonçalves, presidente da FNAP, acredita que, tendo em conta que nos últimos anos se registou uma evolução positiva, é possível que "a curto prazo as exportações ultrapassem as importações". O mel é vendido a preços que oscilam entre 2,80 e mais de 5 euros o quilo.

 Para ver a entrevista na integra, basta clicar aqui.

Enviar por E-mail Versão para impressão
Jun 08

ACÇÃO KOSOVO

Numa acção concertada entre a Associação de Artesãos da Serra da Estrela e a Força Nacional Portuguesa destacada para o Kosovo, vimos solicitar o seu apoio ou contributo de equipamentos e materiais, como por exemplo material escolar didáctico, que possa ser distribuído directamente a escolas ou instituições locais, material desportivo, ou outro tipo de vestuário, brinquedos.

Também na perspectiva da divulgação e promoção de Portugal, além fronteiras, pretendemos levar produtos e artigos de âmbito regional, de diversas regiões do nosso país, de forma a fortalecer a imagem de um país com uma identidade e respectivas capacidades e potencialidades.

O prestigio de Portugal nestas missões muito nos honra a todos.

Aos Associados da Associação de Artesãos da Serra da Estrela, cabe na medida das possibilidades e da sua vontade cooperarem com um pouco do seu trabalho.

Estes produtos que acompanharão as nossas tropas para o Kosovo, terão como destino a oferta a Instituições e Personalidades da República do Kosovo, em nome de Portugal.

È uma honra para a AASE e para todos os artesãos que colaborem voluntariamente nesta acção que muito dignificam a presença Portuguesa.

Faça-nos chegar uma peça sua que representará Portugal no Kosovo.

Grato pela sua colaboração.

 

 

Enviar por E-mail Versão para impressão
May 13

Associação de Artesãos da Serra da Estrela na revista do Grupo Crédito Agricola

 

 

 

 

Enviar por E-mail Versão para impressão
May 13

Dr. Juan Giralt, CEO do Grupo Jerónimo Martins na AASE

Jerónimo Martins, um nome de peso na distribuição Europeia, tem planos para a Associação de Artesãos da Serra da Estrela na divulgação e distribuição de produtos artesanais.

O Dr. Juan Giralt, CEO do Grupo Jerónimo Martins, após reunião em Lisboa com o Presidente da AASE, visitou no dia 11 de Maio, a convite deste, as instalações da Associação de Artesãos da Serra da Estrela em Seia.


Para já, o interesse passou por encontrar produtores de grande qualidade, artesãos reconhecidos e diferenciados com a carta da UPA – UNIDADE PRODUTIVA ARTESANAL.

Juan Giralt mostrou-se bastante satisfeito com a qualidade de dois dos produtores que visitou. Em relação ao queijo “Serra da Estrela” – Queijos Matias em Carragosela, e no que toca aos “Enchidos” a Salsicharia A Serrana na Catraia de São Romão.

A verdade é que ambos são efectivamente produtores artesanais, com produtos de grande qualidade, seja desde o seu embalamento, o rótulo, a informação ao consumidor.


Na 1ºfase iremos trabalhar com enchidos e queijos, e depois iremos alargar para Compotas, Licores, Azeites, Bolos, Mel e outros Produtos de forte cunho Regional da esfera da AASE, com carta de artesão e diploma da UPA.

O trabalho da AASE mereceu fortes elogios por parte desde decisor de um dos maiores grupos na área da distribuição – O Grupo Jerónimo Martins.

Enviar por E-mail Versão para impressão
<< Início < Anterior 21 22 23 24 Seguinte > Final >> Pág. 23 de 24

A Associação - abrir caminhos para o futuro

A Associação de Artesãos está à disposição dos seus associados no apoio às dúvidas e necessidades.

Mas vai mais além, segue um caminho paralelo de intervenção na construção do futuro, fazendo ouvir a sua voz junto das autoridades e instituiçãos governamentais e tornando-se num poder que faz a diferença na área do artesano.

Toda a actividade baseia-se na filosofia de que pode-se criar riqueza com o trabalho, tirando partido dos recursos locais, rentabilizando esse trabalho com a venda dos produtos não só em mercados locais mas também em mercados mais distantes.

Video em destaque

Associação de Artesãos da Serra da Estrela e Região Centro (c) 2010                                             Ideias Soberbas