FEIRAS

Nov 30

Prémio Nacional de Artesanato 2013 - “Entrelaçar”

Encontram-se abertas, até 28 de Fevereiro de 2013, as candidaturas ao Prémio Nacional de Artesanato (PNA), nas modalidades de “Artesanato Tradicional” e “Artesanato Contemporâneo”.
Este Prémio, instituído pelo Ministério da Economia e do Emprego, através do Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P., é uma iniciativa bienal realizada desde 1987 que pretende distinguir os artesãos portugueses, privilegiando as suas competências técnicas e profissionais, bem como a sua capacidade estética, assumindo-se igualmente como um fator de valorização social e cultural de todos os artesãos.
A edição de 2013 é subordinada ao tema “ENTRELAÇAR – As artes de trabalhar e entrelaçar fibras vegetais”, reconhecendo que se trata de um subsetor artesanal particularmente ameaçado, pela concorrência de produtos similares importados e de baixo preço, e carenciado de projetos de inovação que permitam a sua afirmação no mercado e a sustentabilidade do emprego a ele associado.
Poderão concorrer a ambas as modalidades do Prémio todos os artesãos que exerçam a atividade em nome individual, sob forma associada ou por conta de outrem, com residência em território nacional e que, à data de candidatura, sejam portadores da carta de artesão em qualquer uma das atividades artesanais que se encontram enumeradas no anexo 1 do regulamento.
Com o objetivo de favorecer o cruzamento de áreas, técnicas e materiais, abrindo assim novos caminhos de inovação na utilização das fibras vegetais, poderão ainda concorrer na modalidade de “Artesanato Contemporâneo”, e apenas nessa, os artesãos que sejam portadores de carta noutras atividades artesanais, desde que demonstrem ter um percurso comprovado na utilização das técnicas de trabalhar e entrelaçar fibras vegetais em complemento dos trabalhos em que são especializados.
São ainda aceites obras de autoria partilhada, ou seja, todas aquelas cuja concretização implicou um número múltiplo de artífices ou em que a conceção e a execução da peça não coincidem na mesma pessoa.
A apresentação de candidaturas deverá ser formalizada até ao dia 28 de Fevereiro de 2013, mediante a entrega do boletim de candidatura, junto dos Centros de Emprego do IEFP, do Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira (IVBAM) e do Centro Regional de Apoio ao Artesanato dos Açores (CRAA).
Para mais informações consulte o regulamento em http://ppart.gov.pt
Enviar por E-mail Versão para impressão

A importância das Feiras

As feiras representam uma parte importante na vida do artesão. É através delas que o artesão mostra o seu trabalho, contacta directamente com o público e arrecada uma importante fatia económica à sua subsistência.

Através das feiras o artesão pode buscar e explorar mercados mais longe, com características diferentes, buscar ideias para inovar, tomar conhecimento de novas matérias e materiais.

Adequar as feiras aos produtos e os produtos às feiras, é fundamental. A AASE tem já um longo percurso de participação em feiras, no país e no estrangeiro. A mais antiga feira em que participa é a Feira de Milão que recebe a participação portuguesa desde 1992.

Sempre que vale a pena uma feira, a AASE organiza uma participação conjunta, tratando da parte logística e negociação de condições de participação.

Informação sobre feiras

Ao longo do ano a AASE compila a informação vai chegando e divulga-a pondo-a à disposição dos artesãos.

Se desejar divulgar uma Feira ou evento relacionado com o Artesanato por favor envie a informação para o nosso email info@aasestrela.com assim como o material de divulgação que possua.

Associação de Artesãos da Serra da Estrela e Região Centro (c) 2010                                             Ideias Soberbas